segunda-feira, abril 20, 2009

Carrossel do oito

Voltou a acontecer. Vi o vídeo da já famosa Susan Boyle e comecei a chorar; claro, sempre menos que com o original espanhol do anúncio da coca cola, que ao segundo 30 me faz abrir as comportas e aos 45'' já estou a soluçar.


Vou passar os próximos meses assim ou posso esperar melhoras?

5 comentários:

Mª João Nogueira disse...

Más notícias. A tendência habitual é para que piore. Drasticamente.

O meu tem 10 anos, e há muita coisa que não me suscitaria um segundo olhar, há 10 anos, e que hoje me deixa à beira das lágrimas.

Temos pena. Faz parte.

foi dançar a bossa nova disse...

Melhora lá para o 8.º mês, quando o stress já é tanto que nem as lágrimas saem. Depois, acho que piora mas só mais um bocadinho... ehehe

Shyznogud disse...

Desculpa a verdade ser-te apresentada assim tão cruamente mas, como a Jonas diz, "temos pena. Faz parte".

Claro q há uns casos mais dramáticos q outros e eu tenho uma amiga com quem ir ao cinema se tornou quase embaraçante depois de ser mãe (há 11 anos). Ver com ela o Dancer in the Dark e o A Vida é Bela foram experiências inesquecíveis (acho q nunca tive um ataque de riso tão desadequado na vida como no Dancer in the Dark à conta do choro convulsivo com q ela inundava a sala do Monumental).

Filipa disse...

Não, não vai melhorar. Pelo menos nos próximos 2 anos vais ficar assim chorona. Quando eles nascem, piora. Só atenua quando eles nos fazem a vida negra e começamos a ponderar dá-los para adopção, lá para os 3 anos, quando começam as birras.
Bem vinda ao agri-doce mundo da maternidade. Nada será como dantes.

D. Ester disse...

Começo a entender a Emma Thompson; disse numa entrevista que se lhe tivessem contado tudo sobre a maternidade nunca se teria deixado enganar.

Shyz, o Dancer in the dark é pungente mesmo sem hormonas. pelo menos visto em casa, onde se pode passar em fast forward as cantorias.