terça-feira, março 10, 2009

First we take Tehran

Passei a minha infância a ouvir noticiários sobre a guerra Irão-Iraque, terras estranhas e longínquas onde pareciam só se interessar por andar à batatada ad eterno para me atrasar a chegada dos programas realmente interessantes. Lembro-me de perguntar, desesperada entre duas garfadas de puré de batata, se os adultos achavam que algum dia aquela guerra ia acabar. Outras se seguiram. Mas nesta semana poderei ir saber o que andaram eles a fazer antes, durante e depois das 1.5 milhões de vidas perdidas durante os noticiários da RTP1.

1 comentário:

picuinhas disse...

acho mesmo bom. a semelhanca da china, india e outros paises e culturas por esse mundo fora, achar que o Irao e so guerra e terrorismo e mesmo sinal da ignorancia eurocentrista dos nossos tempos. A comecar pelos livros de historia nas escolas...