quarta-feira, setembro 10, 2008

O CERN sabe nadar

Hoje vai ser feita uma experiência na fronteira entre França e Suíça, a ser preparada há 20 anos. Vão usar um enormíssimo acelerador de partículas, tentando recriar as condições do big bang, para com isso finalmente provar algumas teorias físicas apenas defendidas no papel. Serão partículas, serão cordas? Partículas não são certamente, e as cordas não vibram assim.


Os jovens cientistas que trabalham no CERN prepararm um rap que explica o quê, como, onde, porquê da experiência.



Já que há quem pense que a experiência pode criar um buraco negro e engolir-nos todos lá para dentro, vale a pena saber por quem os sinos dobram.

5 comentários:

Lince disse...

Ahhh!!!!

Agora sim fez-se em mim o big bang que explica o porque de hoje o google estar com um boneco muito giro, que me lembrou um reactor!

Bjs a quem nao me da toques... nem viva nem para la de morta...

Lince

sem-se-ver disse...

magnifico! (desde logo porque percebi finalmente e ao certo como é que eles iam fazer 'a coisa').

vou roubar e linkar, ok?

:-)

nerd disse...

"não vai acontecer nada... não vai acontecer nada..." essa foi a última frase que um grupo de cientistas disse, há 13,7 milhões anos atrás... (in caixa de comentários do Público).

e parabéns pelo blog :)

D. Ester disse...

pois foi querida lince, e era bem giro o desenho, pena não me ter lembrado de copiar para pôr aqui. Antes que o buraco negro nos engula.

é a roubar sem se ver, por quem é!

pois é nerd, acho que a black box dessa experiência está guardada dentro do monolito do 2001.

D. Ester disse...
Este comentário foi removido pelo autor.