segunda-feira, dezembro 01, 2008

Solidariedade - nº 3569

A propósito do congresso do PCP que hoje acaba, começaram a relembrar piadas sobre os países para lá da cortina de ferro, tão velhas que fariam as pessoas rir só pela referência ao número pela qual eram conhecidas. Algumas pessoas não acharam graça, o que me fez relembrar uma que me contaram de pequena e que demorei anos a entender o motivo de risota. Agora que o sei, apenas me posso congratular por ter passado tanto tempo sem perceber porquê.


Na escola um professor pede aos meninos que elenquem os animais que voem. Um levanta o braço e responde "crocodilo"
- Mas que grande disparate, quem é que te disse que os crocodilos voam?
- O meu pai
- E o que é que faz o teu pai?
- É da KGB. Os crocodilos não voam sr. professor?
- Voam. Voam muito baixinho, mas voam

15 comentários:

Joana Lopes disse...

Eh! Eh! Bem-vinda ao clube.

Manyfaces disse...

Do congresso do PCP tenho o pior a dizer. Porque ontem tentei ir ver o Madagascar e deparei-me com lotação esgotada. À porta da sala uma fila de delegados ao congresso (bem disfarçados de pequeno-burgueses de pipoca na mão) preparava-se para dar descanso ao Neo-Marxismo num rápido "Escape 2 Africa".
Não se faz. Tive vontade de ir à mesa do congresso apresentar uma moção de protesto.

picuinhas disse...

Sao definitivamente uns chatos esses gajos. Sempre a baterem na mesma tecla.
Hoje em dia, ate as pessoas que nunca leram porcaria nenhuma de Marx sabem muitissimo bem que ele estava completamentamente errado. Para que insistir?
O mundo, mesmo com crises, e dos gajos que leem os jornais e pasquinhos de hoje (ou, va la, de ontem) mas nunca os livros de ha 100 anos atras. Ha que ouvir cassetes novas e nunca rebobina-las.

Manyfaces disse...

caro picuinhas,

eu rebobino as minhas cassetes de vez em quando... e recomendo. Até um abjecto liberal como eu (daqueles já quase hardcore para os padrões Portugueses, que até aprecia a herética coluna do Henrique Raposo no Expresso), pode ficar de lágrima ao canto do olho quando revê imagens do PREC ou com o pêlo eriçado quando ouve a sublime Internacional. A fé dos outros comove-me sempre. E também a memória que tenho da minha fé. Aos comunistas e Maoistas da velha guarda só me apetece dar-lhes beijos e abraços fraternos. Mudar pode matar... Respeito isso. Com a malta da nova guarda tenho sérios problemas: com os bloquistas (saravá ex-companheiro Louçã) porque eles levam-se muito a sério e não perdoam a renegados liberais. Com a nova guarda comunista da linha Bernardino Soares, porque eles acreditam em coisas que já não lembram nem... à velha guarda...
A malta delegada que se perfilava para ir ver o Madagascar era da velha guarda, pois claro... Os netos primeiro, a revolução que espere pelo genérico final... Que isto a vida são 2 dias + 1 feriado...

picuinhas disse...

Caro/a manyfaces,

Faco quase minhas as suas palavras.
Gostei do rewind. Grazie. Ja agora, o Madagascar tambem recomenda?

D. Ester disse...

O Madagascar interessa-me imenso, o PCP nem por isso. Assim como assim prefiro o PCTP/MRPP que tem o Garcia Pereira que é mais inteligente e com sentido de humor. Tirando as alturas em que fala da nova revolução do proletariado oprimido, que tem de tomar as rédeas do poder. Nessas alturas volto para o Madagascar.

Manyfaces disse...

O comunismo tirou-me o Madagascar por isso não posso recomendar o Madagascar... nem o comunismo. Ficou-me a criança em frente à bilheteira com as pipocas na mão. Tive de lhe explicar que a sessão estava esgotada porque o comunismo é uma coisa terrível... que inunda as salas de delegados só para suprimir aos pequeno-burgueses o prazer da animação digital Americana. Este ficou vacinado para o resto da vida. Ele não confia em ninguém que não goste de animação Americana...

....
Dona Ester,
O Senhor Pereira merece-me respeito, sobretudo desde que respondeu à pergunta de como conciliava o socialismo proletário com o seu Iate ancorado na marina. O socialismo, disse ele, é toda a gente ter direito a um iate. É essa a luta dele. Num Pais em que tudo se nivela por baixo, ele vem propôr o nivelamento do socialismo.. por cima! Foi o maior contributo teórico na área do socialismo científico nos últimos anos... De longe... O último avanço teórico tinha sido o socialismo na gaveta, já nos idos anos 80...

picuinhas disse...

Lol. Manyfaces, se fosses comuna diria que andaste a fazer lavagem cerebral a prole. Mas assim nao. Foram so pipocas a mais. Podemos saber como se remediou o programa para impedir traumas profundos?

Manyfaces disse...

Podem:
DVDs no feriado em doses maciças com pipocas à descrição: Toy Story 1&2, Monsters Inc, Roadrunner... e Speedy Gonzalez.

sem-se-ver disse...

«Hoje em dia, ate as pessoas que nunca leram porcaria nenhuma de Marx sabem muitissimo bem que ele estava completamentamente errado.»

minha cara, deixe-me refrasear, sim?

Hoje em dia, ate as pessoas que nunca leram porcaria nenhuma de Marx sabem muitissimo bem que ele estava completamentamente certo.

:-)

picuinhas disse...

Obrigado sem-se-ver: a sua refrase aplica-se bem a varios punhos erguidos de partidos a esquerda. A minha frase aplica-se a outros tantos, mais murchos, fora deles.

Manyfaces: Que violencia! Esqueceu-se do Tom & Jerry!!! Uma ou duas horas por semana com eles, dá saude e faz crescer.

um verdadeiro anónimo disse...

sem-se-ver mas sempre um gosto para a ler...

o que vale é (ainda) haver um PCP sobre o qual se possa falar, bem ou mal, da sua ideologia porque dos restantes PS, PSD CDS e BE só se pode falar das tricas pessoais e da falta de ideias.

pode ser uma má ideologia (não me pronuncio sobre isso) mas ao menos é uma ideologia.

e que está tão morta que dá pano para mangas em comentários e discussões e posts cretinos do Absorto.

deasfio: alguem que poste ou discuta as IDEIAS da Manuela Ferreira Leite, José Sócrates ou Paulo Portas, ou muito mas muito mais difícil.. dos seus IDEIAIS...

fica aqui se forem capazes. eu tenho a certeza que não... e raramente me engano

picuinhas disse...

Um-verdadeiro-anonimo: apraz-me verdadeiramente a sua intervencao.

Daquilo que escreve no entanto, fica a ideia de que a existencia de uma ideologia vale per si. I.e. que e mais fundamental existir ideologia do que aferir se ela é "boa" ou "ma".

Repare no que escreve:
"pode ser uma má ideologia mas ao menos é uma ideologia."

O nacional socialismo tambem é uma ideologia (ainda hoje defendida por alguns... poucos espero). Diria voce aqui tambem que "ao menos é uma ideologia"? Eu teria algum cuidado com esta observacao.

Acho que as ideologias, precisamente por serem 'ideo'logias, nao podem valer per si, mas sim pelas repercussoes que tem nos contextos onde se propoem aplicar.

Deste ponto de vista, o Marxismo e sem duvida uma corrente ideologica com o seu lugar na historia, e segundo muitos (ate nao marxistas) um lugar importante. Varios autores colocam Marx como um dos fundadores do pensamento contemporaneo (ao lado de Freud e Nietzsche). Acho que é por isso que essa ideologia vale. E não por ser uma ideologia.

Anónimo disse...

Um sujeito estava a ser interrogado no KGB. Perante a agressividade e dureza do interrogador, protesta:
- Desculpe, o sr. está a tratar-me como se fosse culpado. Eu apenas sou suspeito.
O interrogador aponta lá para fora, para a rua:
- Está enganado. O senhor, ao estar aqui, já é culpado. Suspeitos são todos aqueles que ali estão.

picuinhas disse...

Serio anonimo? Quando foi esse interrogatorio? Como terminaria um post comecando com "Um sujeito estava a ser interrogado na CIA"?